Os fornos industriais têm diversas funções nas linhas de produção em geral, podendo ser utilizados em produções de cerâmicas, cervejas, vidros, peças de usinagem e metalurgia, tratamento térmico e outros processos que exigem uma grande mudança de temperatura.

Tais fornos são projetados para atingir temperaturas muito elevadas e, por isso, são construídos com um material especial, proporcionando segurança e qualidade para quem os utiliza. Em algumas empresas, a utilização dos fornos pode ser semelhante ao uso de estufas, diferenciando-se somente em relação a alta temperatura suportada nos fornos.

A utilização desse produto ocorre para alterar a composição química e física de muitos materiais, finalizando processos diversos. Os fornos são projetados para atender justamente ao material que será utilizado pelo cliente, levando em consideração questões como o local de permanência do produto, o clima, os materiais que entrarão em contato com o forno e outros itens importantes para a construção do equipamento.

O combustível que mantém o funcionamento dos fornos pode variar, mas os fornos elétricos são os que apresentam melhor aceitação no mercado. A opção da energia elétrica é atualmente a mais escolhida porque permite que o processo de aquecimento do forno ocorra mais lentamente em determinados procedimentos e mais rapidamente em outros, além de ser um equipamento mais positivo para a preservação do meio ambiente.

Mostrando 1–9 de 13 resultados